Dehidroepiandrosterona (DHEA)

22 de agosto de 2018 por Temistocles Neto0
dhea.jpg

Considerado precursor dos hormônios Androgênicos como Androstenediona, Testosterona, Dihidrotestosterona (DHT), 3 Alfa diol Glicurine e 3 Beta diol, e também substrato para formação de hormônios Estrogênicos como Estradiol, Estrona e Estriol, o DHEA pode ter efeitos no aumento da densidade óssea e da massa magra, redução da resistência insulínica, aumento da libido e sensação de bem estar e redução dos sintomas de ansiedade e depressão. Para que tenha atividade, o DHEA precisa se apresentar sob a forma Livre, ou seja, não estar ligado ao SHBG, proteína carreadora de alguns hormônios esteroides. Muitos pacientes apresentam DHEA sérico normal ou alto, entretanto, DHEA Livre Salivar abaixo do necessário para boa atuação, trazendo dificuldade no diagnóstico (pacientes com sintomas, mas DHEA sérico normal). Da mesma forma, pode ocorrer um baixo nível de DHEA sérico com altos níveis de DHEA Livre Salivar pela baixa afinidade deste esteroide pelo SHBG em condições de homeostase. O DHEA livre também pode sofrer um fenômeno chamado Sulfatação, em que é convertido pela enzima Sulfatase transformando-se em SDHEA (Sulfato de Dehidroepiandrosterona) que é uma forma de reserva inativa, podendo voltar a ser transformada em DHEA ativo quando necessário. O problema é que as enzimas conversoras de DHEA para SDHEA podem não ativar esta transformação. Os motivos são diversos, desde alterações metabólicas, carência nutricional, intoxicação até condição genética. Além disso, o DHEA está envolvido na regulação de outro esteroide quanto a sua ação no sistema nervoso central, o Cortisol. Níveis elevados de Cortisol e DHEA, normalmente ocorrem juntos. É importante que a relação DHEA/Cortisol esteja equilibrada, pois a falta de harmonia entre eles facilita a ação deletéria do Cortisol. Muitos pacientes apresentam DHEA livre alto pós-estresse traumático, resistência Insulínica e suplementação com doses supra-fisiológicas. Níveis de DHEA total e/ou livre baixos estão correlacionados a depressão.

PRINCIPAIS AÇÕES DO DHEA LIVRE

  • Promove crescimento neural
  • Reduz resistência a insulina
  • Aumenta o fluxo sanguíneo
  • Melhora função sexual
  • Aumenta imunidade celular
  • Aumenta densidade óssea
  • Aumenta força física
  • Regula cortisol
  • Promove produção de glutationa
  • Reduz atividade da MAO
  • Inibe receptor GABA
  • Estimula catecolaminas
  • Ativa receptores de serotonina
  • Inibe receptores de dopamina

 

Referência:

– Revista Galena, edição 185, 2018.


Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


logob

Sou formado desde 2010 pela Universidade Federal de Rondônia e moro em Brasília há 8 anos após ter vindo servir o Exército Brasileiro. Sou Servidor da SES/DF há 6 anos na função de Médico de Família e Comunidade/Clínica Médica, sendo função atual na SES.

Posts Recentes

© 2020 Dr Temístocles Neto. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: UPJÁ