O perigo das bebidas energéticas

20 de agosto de 2019 por Temistocles Neto0
ESSSSS-1200x1200.jpg

As bebidas energéticas estão cada vez mais populares, em grande parte pela presença na sua composição de cafeína. A cafeína por si só pode ser muito benéfica para a mente e o corpo, sendo capaz de reduzir dores de cabeça, melhorar o estado de alerta mental e até mesmo tratar condições como asma e diabetes.

No entanto, nas bebidas energéticas, essa cafeína vem acompanhada de um coquetel de outros estimulantes artificiais, edulcorantes e outros aditivos, podendo ser uma sobrecarga no sistema cardiovascular e possivelmente até causar um ataque cardíaco.

Um estudo publicado na Mayo Clinic Proceedings descobriu que as bebidas energéticas podem ser prejudiciais para pessoas com doenças cardiovasculares e também podem causar sintomas em pessoas saudáveis. Esse estudo utilizou 15 participantes saudáveis para ingerir duas latas (500ml) de bebidas energéticas por dia durante uma semana. Os pesquisadores descobriram que a pressão arterial dos participantes aumentou 8% apenas quatro horas após consumir a bebida, subindo para 10% até o final da semana e as frequências cardíacas aumentaram 8% no primeiro dia e atingiram 11% até o final da semana.

Ambos os fatores estão associados a um maior risco de sofrer um ataque cardíaco. A pressão arterial elevada pode danificar as artérias, o que provoca acidentes vasculares cerebrais e ataques cardíacos – causando coágulos sanguíneos e freqüências freqüentes freqüentemente associadas a um risco aumentado de ataques cardíacos.

Uma alternativa mais segura para dar um “up” na sua disposição é o café ou qualquer outra bebida que possua apenas um estimulante, ficando longe dos “coquetéis” de múltiplos estimulantes das bebidas energéticas.


Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


logob

Sou formado desde 2010 pela Universidade Federal de Rondônia e moro em Brasília há 8 anos após ter vindo servir o Exército Brasileiro. Sou Servidor da SES/DF há 6 anos na função de Médico de Família e Comunidade/Clínica Médica, sendo função atual na SES.

Posts Recentes

© 2020 Dr Temístocles Neto. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: UPJÁ